Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Apresentação da EaD
Início do conteúdo da página

Apresentação da EaD

A Educação a Distância (EaD) é uma modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica, nos processos de ensino e aprendizagem, ocorre com a utilização de meios e tecnologias da informação e comunicação, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares ou tempos diversos (DECRETO nº 5.622, de 19 de dezembro de 2005, em seu Art. 1º). Esse mesmo entendimento está subentendido nas formas e condições dos termos e Resoluções CD/FNDE nº 36, de 13 de julho de 2009; CD/FNDE nº 18, de 16 de junho de 2010 e CD/FNDE nº 24, de 16 de agosto de 2010; com amparo da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996), Lei nº 11.273, de 06 de fevereiro de 2006, e do Decreto nº 6.301, de 12 de dezembro de 2007.

O decreto nº 7.589, de 26 de outubro de 2011, instituiu, no âmbito da secretaria de Educação profissional e Tecnológica (SETEC) do Ministério da Educação (MEC), a Rede e-Tec Brasil com a finalidade de desenvolver a educação profissional e tecnológica na modalidade EaD, ampliando a oferta e o acesso à educação profissional no País.

O investimento do Instituto Federal de Brasília (IFB) na EaD constitui importante política de afirmação de sua identidade, pois cumpre assim uma de suas finalidades: ofertar educação básica e profissional, técnica e tecnológica, em todos os seus níveis e modalidades, com vistas à formação de cidadãos e profissionais comprometidos com a dignidade humana, a justiça social e o mundo do trabalho.

Atualmente, o IFB oferta 9 (nove) cursos de nível técnico, na modalidade EAD, tendo matriculado mais de 3.000 (três mil) alunos e devendo ampliar sua oferta de vagas em até 30% ao ano. De forma gradual, os cursos de EAD no IFB contemplarão os níveis técnicos, superior, pós-graduação e de formação continuada. Essa ampliação, no entanto, exige uma produção própria de material pedagógico e uma reestruturação dos polos de atendimento a distância e presencial, ora localizados em: Brasília, Ceilândia, Estrutural, Gama, Itapoã, Planaltina, Recanto das Emas, Riacho Fundo I, Samambaia, São Sebastião, Taguatinga e e Taguatinga Centro.

registrado em:
Fim do conteúdo da página